Programa TDS

O programa Chemgard TDS teve sua origem na década de 80 e foi implantado no Brasil sob a responsabilidade técnica do engenheiro Edgar E. Watanabe.

Com um conceito revolucionário e bastante inovador, sofreu resistências acirradas na época, mas com trabalho sério e criterioso, acabou por demonstrar sua superioridade e eficiência e, no final, os resultados falaram por si mesmo. Sua formulação atual é o resultado de mais de duas décadas de pesquisa e experiência de campo, tendo atingido o auge de sua evolução.

Objetivos do Programa Chemgard TDS

Dispersar os sais presentes na água de alimentação provenientes das contaminações existentes no sistema de geração de vapor.

Vantagens da Utilização do Programa Chemgard TDS

As superfícies de troca térmica limpas, com menor formação de lama, resultando em maior eficiência na geração de vapor e economia de combustível.

Programa Chemgard TDS: Base Teórica

No quadro acima, temos os três princípios básicos de ação do Programa Chemgard TDS nos sais presentes na alimentação, causando a deformação dos cristais de incrustação, mantém dispersos os  cristais já formados e evita a formação de novos, através da solubilização de parte dos componentes salinos prestes a precipitar. 

Nos quadros abaixo, temos este conceito de forma mais clara: 

 Na massa de água, com a precipitação já ocorrendo, mas ainda sem a cristalização, as partículas são absorvidas pelos grupos funcionais, mantendo-os inativos e inaptos a iniciarem o processo de cristalização. 

Na parte dos sais que ainda não iniciaram a precipitação, ocorre uma atração eletrostática entre os íons salinos e os ativos da molécula TDS, que acaba por mantê-los solubilizados e dispersos, antes mesmo que venha a ocorrer a precipitação. 

O resultado deste programa perfeitamente aplicado e dimensionado é a verificação de superfícies limpas, durante as paradas para inspeção, e no processo, maior vida útil da caldeira, menor consumo de combustível e maior segurança

Solicite mais informações sobre nosso Programa TDS